O que é o Registrato e o SVR do Banco Central

Saiba o que é o Registrato e o SVR e Saiba como usar os sistemas do Banco Central que podem ajudar a saber se você tem dinheiro “esquecido”

Saiba o que é o Registrato e o SVR (Sistema Valores a Receber). Saiba também como usar os sistemas do Banco Central que podem ajudar a saber se você tem dinheiro “esquecido” em bancos.

No último dia 24 de janeiro, o Banco Central anunciou que estava lançando um serviço que disponibilizaria a cidadãos consultar e resgatar dinheiro esquecido em instituições financeiras. Isso fez com que muitos brasileiros descobrissem dois novos nomes: Registrato e SVR (Sistema Valores a Receber).

O anúncio fez, também com que o sistema sofresse uma sobrecarga (por causa de acessos) e fosse retirado do ar. Enquanto o SVR não pode ser acessado, aqui estamos para responder duas perguntas. 1) O que é Registrato? 2) O que é SVR?

1) O que é Registrato?

Ao contrário do Sistema Valores a Receber, o Registrato é um serviço do Banco Central que já existia desde 2021. De acordo com a página do próprio BC, o Registrato “é um sistema onde você pode consultar, de graça, informações sobre empréstimos em seu nome, em quais bancos você possui conta, chaves Pix cadastradas, dívidas com órgãos públicos federais, cheques sem fundos e dados de compra ou venda de moeda estrangeira feita por você”.

Em outras palavras, trata-se de uma página na qual, mediante cadastro, você pode consultar informações financeiras. Para tanto, você precisa apenas acessar a página https://registrato.bcb.gov.br/registrato/login/ e fazer a requisição dos dados que você vai ter que acessar.

Para se registrar, você pode utilizar uma conta no Sistema .Gov, criar um login no sistema Sisbacen ou criar um login no próprio Registrato. O serviço é gratuito. Quando anunciado, o SVR era mais uma funcionalidade do Registrato. Porém, o serviço está suspenso até que o Banco Central tenha estrutura necessária para receber acessos em massa.

2) O que é SVR?

Como citado no parágrafo anterior, o Sistema Valores a Receber (SVR) é uma funcionalidade anunciada (e, no momento, suspensa) pelo Banco Central na qual é possível consultar se há valores a receber de instituições financeiras.

O sistema, quando implementado, vai permitir que o dinheiro de, por exemplo, contas que foram encerradas e possuem saldo disponível, tarifas cobradas indevidamente sejam devolvidos via Pix. A previsão de implementação do SVR é para fevereiro deste ano (de acordo com o BC, dia 14). Leia o que está escrito na página da instituição:

“As consultas ao Sistema Valores a Receber serão retomadas em 14 de fevereiro A capacidade de atendimento do Sistema Valores a Receber (SVR) está sendo fortemente ampliada para atender a todos os cidadãos com estabilidade e segurança. A partir do dia 14/02/2022 você poderá consultar se possui valores a receber. Pedimos desculpas pelo transtorno”.

Só para resumir: 1) O Registrato é um sistema do Banco Central que mostra detalhes sobre a sua vida financeira. 2) Dentro do Registrato, o SVR permitirá que você descubra se tem dinheiro em contas inativas e receba este valor a partir do Pix.

Vale apontar que golpistas já se aproveitaram do anúncio do SVR e criaram uma fake news no WhatsApp. Ela apontava que o Registrato estaria disponível para pessoas que entrassem em um site e compartilhassem um link no WhatsApp. Este boato foi desmentido pelo Boatos.org e pode ser acessado neste link.

O Oráculo é uma seção do site Jorn. que responde dúvidas de internautas. Caso você tenha alguma dúvida, envie uma mensagem para gente aqui no site.

Confira também:

Como descobrir quais concursos públicos federais, estaduais e municipais estão abertos