Cinco fake news que mais viralizaram em julho de 2022

Em parceria com o Boatos.org, o Jorn. lista as cinco fake news mais lidas do site em julho de 2022. Em mês que fake news começaram a esquentar o cenário político, mais lidas foram sobre promoções falsas.

Em parceria com o Boatos.org, o Jorn. lista as cinco fake news mais lidas do site em julho de 2022. Em mês que fake news começaram a esquentar o cenário político, mais lidas foram sobre promoções falsas.

Podemos falar que tivemos um pouco mais de trabalho em julho do que em meses anteriores. No últimos mê, publicamos nada menos do que 76 artigos em 31 dias. Muitas destas notícias falsas foram relacionadas diretamente ou indiretamente com as eleições de 2022. Porém, as mais lidas foram as famigeradas promoções falsas.

No nosso top 5 do mês, dois artigos são relativos a checagens de promoções falsas que viralizaram no WhatsApp. Uma delas apontava que o PicPay estava dando Pix de R$ 200 para as pessoas que entrassem em um site e compartilhassem um link no WhatsApp. Outra, similar, falava que a Coca-Cola estava dando “frigobar de graça”.

Duas das fake news que ficaram entre as mais lidas foram indiretamente relacionadas às eleições. Uma delas apontava que Anitta (que havia declarado apoio a Lula nas eleições) teria HIV e seria de uma seita satânica. Outra apontava que o médico Giovanni Quintella Bezerra seria apoiador de Bolsonaro. Completando a lista, um vídeo antigo que voltou a circular: que apontava que robôs chineses estavam dançando na Disneylândia da China.

Leia os cinco textos que mais viralizaram no Boatos.org em julho de 2022. Para mais detalhes, clique nos links ou assista aos vídeos que estão no conteúdo.

Cinco fake news que mais viralizaram em julho de 2022

5) Fake news que aponta para vídeo de robôs dançando na Disneylândia da China

Boato – Um vídeo mostra dança de robôs na Disneylândia da China. Eles são tão realistas, com expressões faciais perfeitas, que não podem ser distinguidos de humanos.

Vídeo mostra dança de robôs na Disneylândia da China #boato

4) Fake news que aponta que Giovanni Quintella Bezerra é apoiador de Bolsonaro

Boato – O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra, preso sob a acusação de estupro durante procedimento de cesárea, tem fotos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro no Instagram e Facebook.

Médico Giovanni Quintella Bezerra é apoiador de Bolsonaro, mostram perfis no Instagram e Facebook #boato

3) Fake news que aponta que a Coca-Cola está dando brindes no WhatsApp

Boato – A Coca-Cola está fazendo aniversário de 130 anos e por isso está dando um frigobar grátis para as pessoas que entrarem em um site e compartilharem um link com amigos no WhatsApp.

Coca-Cola está dando um frigobar por causa do aniversário de 130 anos #boato

2) Fake news que aponta que Anitta tem HIV e participa de seita satânica

Boato – Foi descoberto que a cantora Anitta está com o vírus HIV e não está se tratando. Ela continua internada porque está com aids. Ela, ainda, participa de uma seita que sacrifica 40 mil crianças por ano.

Anitta está com aids e participa de seita que sacrifica crianças #boato

1) Fake news que aponta que PicPay está dando Pix de R$ 200 no WhatsApp 

Boato – Por causa do aniversário, a PicPay está fazendo uma promoção na qual está dando um PIX de R$ 200 de prêmio para as pessoas que entrarem em um site, responderem às perguntas e compartilharem um link no WhatsApp.

PicPay faz quiz com PIX de R$ 200 de prêmio por causa de aniversário #boato